Saques do FGTS podem ajudar retomada do comércio, aponta federação

Saques do FGTS podem ajudar retomada do comércio, aponta federação

Os recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), liberados para saque pelo governo no início deste ano, podem acrescentar até 2,4% ao faturamento do comércio varejista nacional em 2017, considerando a injeção total dos R$ 45 bilhões no varejo brasileiro. Os dados são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), que avaliou que o volume de dinheiro a ser sacado das…

Ler Mais...

Governo quer “encolher” o MEI para conter perda de arrecadação

Governo quer “encolher” o MEI para conter perda de arrecadação

Depois da aprovação do projeto de lei da terceirização, ficou mais intenso o debate sobre a contribuição à Previdência dos Microempreendedores Individuais (MEI). A preocupação principal do governo é com a queda na arrecadação caso ocorra uma “pejotização” em massa, ou seja, que pessoas físicas se tornem jurídicas. O trabalhador contratado no regime da CLT contribui à Previdência com 8% a 11% de seu salário, respeitado o teto do INSS (R$ 5.531), e o empregador contribui…

Ler Mais...

Com novas regras, venda de carro para deficientes dispara

Com novas regras, venda de carro para deficientes dispara

Enquanto o mercado total de carros novos segue cambaleante, após ter encolhido quase à metade nos últimos quatro anos, a venda de veículos para pessoas com deficiência mais que triplicou. Saltou de 42 mil unidades em 2012 para 139 mil no ano passado e hoje respondem por 8,3% dos negócios no País. Pessoas com deficiências ou patologias que dificultam ou impedem a mobilidade têm direito a adquirir veículos com isenção de IPI, ICMS, IPVA e…

Ler Mais...

Novas regras para o crédito rotativo começam a valer nesta segunda-feira

Novas regras para o crédito rotativo começam a valer nesta segunda-feira

As novas condições do crédito rotativo, que limitam o uso da modalidade em até 30 dias, começam a valer a partir desta segunda-feira (3). Definidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em janeiro, as regras visam reduzir os juros cobrados ao obrigarem a migração para opções de financiamento menos onerosas como, por exemplo, o parcelado, e fazem parte da agenda de reformas microeconômicas do governo de Michel Temer.  Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e…

Ler Mais...

Preço do frango sobe no Brasil

Preço do frango sobe no Brasil

As exportações brasileiras de carne de frango cresceram com força em junho, atingindo volume e receita (em Reais) recordes. O bom desempenho das vendas externas contribuiu para enxugar a oferta interna, que vinha elevada por conta da demanda doméstica enfraquecida e da produção maior. Como resultado, os preços tiveram recuperação expressiva no mercado doméstico ao longo de junho. No final do mês, no entanto, os valores voltaram a se enfraquecer em algumas regiões pesquisadas pelo…

Ler Mais...

Crise global gera capitalismo mais violento com trabalhadores e soberania

Crise global gera capitalismo mais violento com trabalhadores e soberania

O capitalismo está em crise, e os resultados são visíveis não só no desempenho econômico dos países como nos aspectos social e ambiental, alertam professores universitários consultados pelo JB. Estaria se desenhado ainda, em resposta à crise, um movimento mais violento à qualidade de vida dos trabalhadores e à soberania dos países. Soluções podem e devem ser buscadas por cada país, mas resultados teriam limites, já que a economia se expressa em escala mundial. A…

Ler Mais...

Custo das tarifas de bancos varia até 447%

Custo das tarifas de bancos varia até 447%

Vale a pena pesquisar também na hora de abrir uma conta em banco. Uma pesquisa do Procon-SP mostra que a variação entre as tarifas cobradas pode chegar a 447%, dependendo da instituição. A maior diferença encontrada foi no saque usando o cartão de crédito. Se no Banco do Brasil o cliente paga R$ 4, no Santander a tarifa chega a R$ 21,90 na utilização do serviço. Além dos bancos citados, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal,…

Ler Mais...